Hollywood | Review

Hollywood, a nova série Netflix do Ryan Murphy, traz a realidade que a indústria do cinematográfica precisava em plena Era de Ouro.

Hollywood - Série Netflix - Seven List

Tudo indica que a parceria da Netflix com Ryan Murphy (Glee) deu muito certo, já que pouco tempo após o lançamento de The Politician, o diretor chega ao streaming com uma das séries mais esperadas de 2020, Hollywood. A série aborda um grupo de artistas que sonham em ser estrelas do cinema, seja atuando, dirigindo ou roteirizando.

Veja o reviews do Seven List de Hollywood.

Leia também: 7 filmes coreanos para você assistir

A trama

crítica da série netflix Hollywood- Seven List

Se você procurar a sinopse de Hollywood, série Netflix do Ryan Murphy, você vai encontrar algo como: Após a Segunda Guerra Mundial, atores e cineastas novatos fazem de tudo para conquistar o estrelato em Hollywood. Entretanto, o que temos aqui é outra coisa. A série está mais para uma utopia de como a indústria do cinema americano poderia ter sido, caso as minorias tivessem oportunidades.


Baseado em fatos?

Crítica da série netflix hollywood - sevenlist

Em teoria, Hollywood pode ser considerada uma série baseada em fatos, visando que alguns personagens realmente são verdadeiros, como o galã do cinema Rock Hudson (Jake Picking), o produtor Henry Wilson (Jim Parsons) e a atriz asiática Anna May Wong (Michelle Krusiec), por exemplo. Além dos próprios personagens fictícios serem inspirados em figuras reais. Contudo, o desenvolvimento da trama passa longe da realidade, afinal, a última coisa vista naquela época era representatividade.


Diversidade

seven list - crítica de hollywood - serie netflix

Quando o nome do Ryan Murphy está envolvido em uma produção, nós já sabemos que trata-se de uma obra que busca diversidade, ao mesmo tempo que estimula o público a viver a sua própria essência. Em Hollywood isso não poderia ser diferente, já que a trama traz personagens pretos extremamente talentosos, gays que não tem medo de assumir a sua sexualidade, além de mulheres incríveis no poder.


A ficção

critica da série netflix hollywood - netflix

[SPOILER] Embora a série apresenta pequenos acontecimentos reais, como a existência do posto de gasolina, por exemplo, ou da realidade dos assédios sexuais que perduram até hoje. Hollywood é uma série estruturada de forma ficcional, já que nem por um sonho, um filme roteirizado e protagonizado por artistas pretos poderiam ganhar o Oscar. Lembrando que só em 2002 que o Oscar deu o primeiro prêmio de melhor atriz à uma mulher preta. E o que falar sobre um galã assumindo publicamente a sua homossexualidade? Infelizmente, na vida real, o ator Rock Hudson preferiu omitir que era gay, para garantir seu trabalho nos filmes.


Produção completa

crítica da série netflix - seven list

Hollywood funciona não apenas pelo seu roteiro muito bem construído e embasado, como em todos os outros aspectos que compõem a produção da série. Seja pelo elenco extremamente carismático e entrosado, pela fotografia, pelo figurino ou trilha sonora. Sem falar da direção característica de Ryan Murphy, com muito Travelling (Movimento em que a câmera avança), incansáveis trocas de planos, mas que mesmo assim ainda sabe manter a câmera parada para um diálogo importante quando necessário.


Ritmo

Seven List - critica de Hollywood - série netflix

Hollywood é a prova do quanto é possível desenvolver por completo uma trama com diversos personagens, dando espaço para cada um deles e mantendo um ritmo capaz de prender o público em 100% do tempo. Tudo isso dentro de apenas sete episódios, ideais para evitar conteúdo desnecessário.


A realidade que a gente queria

serie netflix - critica de hollywood -seven list

Seja na Era do Ouro ou nos dias atuais, Hollywood é um lugar muito difícil. Afinal, representado por egos inflados, todos alí buscam o seu lugar ao sol. Infelizmente, tudo é ainda mais difícil para as pessoas pretas, imigrantes, homossexuais e afins. Já que dar voz à esse povo, assusta o homem padrão. Que incrível seria se logo após a segunda guerra, o cinema já falasse sobre representatividade. Mas infelizmente o mundo não é uma série do Ryan Murphy.


Leia também: 7 motivos para assistir Katy Keene

Ano: 2020
Nacionalidade: EUA
Direção: Ryan Murphy e Ian Brennan
Gênero: Drama, histórico
Duração: 42 min
Temporadas: 01
Elenco: David Corenswet, Darren Criss, Laura Harrier, Joe Mantello
Distribuidor: Netflix

Assista ao trailer: